quinta-feira, 24 de abril de 2014

Ceará empata com Fortaleza e garante tetracampeonato cearense

O Ceará é tetracampeão cearense! O Vovô conquistou o título ao empatar sem gols com o Fortaleza, na noite desta quarta-feira (24), na Arena Castelão. 
Como o Alvinegro fez a melhor campanha geral, o empate foi suficiente para o clube garantir o título estadual no ano de seu. Já para o Fortaleza, ficou a decepção da derrota e da manutenção de um incômodo tabu. Há 11 jogos o Tricolor do Pici não vence um Clássico-Rei.  
Antes do início da partida na Arena castelão, as torcidas de Ceará e Fortaleza surpreenderam e fizeram bonito nas arquibancadas. Os alvinegros ‘vestiram’ a camisa nº 100 do Vovô enquanto os tricolores fizeram um mosaico com a bandeira do Leão.
Para chegar a grande final, o Ceará fez uma bela campanha, terminando na vice-liderança, com 19 pontos, atrás apenas do rival Fortaleza. O Alvinegro teve 5 vitórias, 4 empates e apenas uma derrota. Já nas semifinais, O Vovô venceu o Guarany de Sobral por 3 a 2, fora de casa e fez 5 a 2 na Arena Castelão.
Primeiro tempo movimenta e com bolas na trave
Digno de uma decisão, o Clássico-Rei começou de forma eletrizante. O Fortaleza chegou mais vezes com perigo e, se não fosse pelo goleiro Luís Carlos, poderia ter saído com a vantagem no primeiro tempo. Na primeira chance do Leão, aos 6 minutos, Eduardo Luiz pegou o rebote da defesa e chutou de primeira. O goleiro alvinegro salvou. Já aos 17 minutos, Marcelinho Paraíba fez ótima jogada e carimbou a trave. 
O Ceará também conseguiu criar boas chances para marcar. Em um delas, aos 28 minutos, o zagueiro Sandro recebeu cruzamento dentro da área, desviou e a bola foi na trave. 
O jogo permaneceu lá e cá, com chances para ambas as equipes. No entanto, para decepção da torcida, o placar não saiu do 0 a 0. 
Luis Carlos faz grandes defesas e garante o empate
As equipes voltaram do intervalo tentando manter a mesma postura do primeiro tempo. Apesar da boa movimentação, o nervosismo tomou conta dos jogadores que nos momentos iniciais não conseguiram criar chances para marcar. 
Aos 24 minutos, o Fortaleza teve um baixa no jogo. O zagueiro Max Oliveira fez falta em Magno Alves e foi expulso. Com um a mais em campo, o Alvinegro se lançou ao ataque e quase o atacante Bill conseguiu tirar o zero do placar.  
Os minutos foram pasando e o jogo ficou cada vez mais nervoso. O Ceará também teve um homem expulso e se já no final se fechou na defesa. O Leão foi valente e tentou o gol, mas o goleiro Luís Carlos, em um dia expirado, garantiu o placar sem gols e o tetracampeonato do Alvinegro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.