segunda-feira, 28 de abril de 2014

Corno fica furioso, mas diz que ama a mulher (Vídeo)

“Eu já fui corno e posso ser corno, mas não assumo”, disse o homem identificado pelo prenome de Dedé, a reportagem do Balanço Geral de Palmas (TO), durante entrevista na delegacia da cidade, após ser preso por criar confusão e agredir a própria filha por ser chamado de corno. No local, o homem contou sua versão e por várias vezes disse que agride qualquer pessoa que o chamar de corno, mas no final fez uma declaração de amor a mulher que o traiu.

Assista:


Via bocao news

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.