sexta-feira, 11 de abril de 2014

EX-PM É DETIDO DURANTE PROTESTO EM SOLENIDADE COM GOVERNADOR DO CEARÁ

Um ex-policial militar foi preso por desacato enquanto participava de manifestação no Centro de Profissionalização para Pessoas com Deficiência, em Fortaleza, onde ocorria o lançamento oficial do programa de segurança "Em Defesa da Vida", na manhã desta quinta-feira (10), com participação do governador Cid Gomes. Durante o evento, o governador lançou oficialmente o programa, que divide o estado em 18 Áreas Integradas de Segurança (AIS) com gratificação a policiais que reduzirem índices de homicídios e roubos.

O ex-policial, identificado como Alberto Bevinievisque, protestava com um grupo de outros ex-policiais contra a demissão de 10 homens da corporação no ano passado, entre eles, o próprio Bevinievisque. Ele foi levado ao 10º Distrito Policial por soldados do Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado.

Os 10 policiais foram demitidos por participar de reunião em janeiro de 2013, que, segundo a polícia, tinha o objetivo de deliberar sobre a deflagração ou não de novo movimento ''paredista''. Os processos disciplinares contra os PMs foram publicados no Boletim do Comando do dia 25 de janeiro de 2013. De acordo com o documento, os policiais são "acusados [...] de participarem de reunião ocorrida no dia 03.01.2013, sob a liderança de integrantes da Associação dos Profissionais de Segurança Pública do Ceará (Aprospec), com o objetivo de deliberar sobre a deflagração, ou não, de novo movimento paredista". Na época, o atual secretário de segurança, Servilho Paiva, era o corregedor geral de disciplina.

Fonte: G1CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.