segunda-feira, 23 de junho de 2014

Assaltos a posto de combustíveis na sede e a mototaxista na zona rural de Varjota

Pelo menos dois assaltos aconteceram neste final de semana no município de Varjota. O primeiro foi no início da noite de sábado (21/06/14), por volta das 18h30, em uma das estradas carroçáveis que dá acesso ao rio Acaraú, próximo da rodovia CE 183, que liga Varjota à Cariré, na zona rural de Varjota.
A vítima foi o mototaxista Antonio Reginaldo Brito Alves, 34 anos, natural de Reriutaba, residente em Várzea da Palha, na área rural varjotense. Ele estava transportando um passageiro idoso, conhecido como 'seu Assis', quando foi abordado por dois elementos armados encapuzados, sendo que um deles apresentou uma arma que seria revólver, anunciaram o assalto, exigindo tudo o que o mototaxista e seu passageiro tinham. 

Eles não reagiram e foram obrigados entregar tudo. Os assaltantes levaram do mototaxista sua moto Honda CG 150, de cor prata, ano 2010 e ainda seu aparelho celular, sua carteira contendo aproximadamente R$ 300,00 e todos os seus documentos pessoais e de sua moto, que está em nome de Marcos Aurélio Muniz Alves.
Do passageiro, também levaram o que ele tinha, ou seja, uma pequena quantia em dinheiro. Sem usarem nenhuma agressão física, em seguida os acusados fugiram, dizendo que a moto eles estavam levando apenas para a fuga e que abandonariam logo depois. 

Algumas horas horas mais tarde, na mesma noite, populares encontraram a moto abandonada próximo ao local do assalto, sem faltar nenhuma peça. A vítima foi ao local e recuperou sua moto.

O comandante da Força Tática de Varjota, sargento B Sousa (Linha Dura) e sua equipe perguntou ao mototaxista se ele não reconheceu os acusados, mas ele respondeu que era impossível reconhecer, pois já estava escuro e os acusados estavam encapuzados.
Agora, tudo o que o mototaxista Antonio quer é recuperar seus documentos e os de sua moto.


ASSALTO EM POSTO DE COMBUSTÍVEIS NO CENTRO

O fato ocorreu na madrugada de domingo (22), por volta 01h30, no centro de Varjota. A vítima foi o frentista do posto de combustíveis Nosso Posto, de nome Rafael Barros Magalhães, residente na bairro Empréstimo. 

Ele estava em seu trabalho no posto, quando chegou um indivíduo armado de faca, já com a arma próxima a seus pescoço, anunciando o assalto. A vítima não teve outra alternativa a não ser entregar todo o apurado, uma quantia em torno de 200,00 e seu celular. 

Logo após, o acusado saiu correndo e segundo populares, mais na frente, ele subiu na garupa de uma moto conduzida por uma mulher, que já estava esperando.
A vítima  não quer falar nada sobre o assunto, pois teria sido ameaçado e estaria com medo.

Fonte: RobertoLiraNotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.