sexta-feira, 13 de junho de 2014

PROBLEMA COM O TRANSPORTE ESCOLAR DOS UNIVERSITÁRIOS DE ACARAÚ QUE ESTUDAM EM SOBRAL

Um ônibus "amarelinho" da Prefeitura Municipal de Acaraú, do Programa Caminhos da Escola, que estava levando estudantes de Acaraú até Sobral para as instituições de ensino superior onde estudam, acabou quebrando nesta terça-feira, deixando os alunos ilhados temporariamente. Essa não é a primeira vez que os alunos ficam na mão.
Conforme o responsável pelo setor de Transportes da Prefeitura Municipal de Acaraú, a quem compete o transporte dos alunos no período da manhã, Dênis Oliveira, o problema foi mecânico. A correia da direção hidráulica acabou quebrando, mas o motorista levou o veículo até oficina em Sobral e poucas horas depois, os alunos acabaram retornando para Acaraú.
Mas não deixou de haver uma apreensão entre alunos e pais, que ficaram preocupados com a situação, e principalmente pelo histórico de problemas com o transporte. Mas segundo Dênis Oliveira, são feitas periódicas manutenções nos ônibus e no próximo período das férias, informou que todos os veículos serão revisados. "A revisão é feita periodicamente", destacou.

Mas não é a primeira vez que dá problema nesses ônibus que levam os alunos de Acaraú até Sobral. Na última semana, um ônibus da Ítalo Turismo, fretado pela Prefeitura para levar os alunos que estudam à noite de Acaraú a Sobral, acabou incendiando em frente ao North Shopping de Sobral. Conforme o proprietário da empresa, Ben, o laudo ainda não foi concluído que apontará as reais causas do acidente. Todos os pertences dos universitários queimaram no veículo incendiado. Pelo menos só houve perdas materiais. O proprietário se comprometeu a repor as perdas dos estudantes.

Em 2011, duas universitárias acabaram vindo a óbito após um acidente com o ônibus
"amarelinho" da Prefeitura de Acaraú na estrada Santana do Acaraú, famosa por suas curvas sinuosas. Morreram no local Maria Vanessa Gomes, 18, que cursava Letras na UVA; e Silvana Ribeiro Rufino, 20, do curso de Filosofia na UVA. O motorista do transporte, que trabalha na Prefeitura, será julgado dia 6 de agosto no fórum de Acaraú. Laudo apontou imprudência e imperícia do condutor, mas a família das vítimas não acredita na punição. Além de não terem tido nesse tempo todo nenhuma assistência psicológica ou jurídica, vem a quase certeza da impunidade, apesar do sonho da justiça. "Queremos que seja feita justiça. Ainda quero acreditar que ela virá. Sei que não vai trazer minha irmã de volta, mas vai punir quem fez isso com minha irmã", desabafou Luzia Ribeiro Rufino, irmã de Silvana. Enquanto isso, o motorista está à solta e trabalhando normalmente.

Os estudantes universitários de Acaraú contam com a União Acarauense dos Estudantes de Ensino Superior (Unaces), que recentemente foi contemplada com subvenção da Prefeitura para execução de seus projetos, entre os quais os relativos ao transporte. À Unaces compete a fiscalização do serviço prestado pela Ítalo Turismo e controle do transporte dos estudantes do período noturno. Conforme Rafael Ferreira, coordenador de transporte da entidade, é feita uma constante interlocução com o Poder Público e a empresa para oferecer mais segurança e conforto aos estudantes.

Imagem:  Macaraú Notícias
Fonte: cnonlineacarau via Sobral 24 horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.