terça-feira, 29 de julho de 2014

FAMÍLIA VELA HOMEM E NA HORA DE ENTERRAR DESCOBRE QUE ELE TAVA VIVO NO ESTADO DO PIAUÍ

Um caso inesperado mexeu com a cidade de Piripiri (a 157 Km ao norte de Teresina) na manhã de sábado (26-07). Tudo começou na sexta feira, quando um ciclista morreu após ser atropelado no Km-187 da BR-343 naquela cidade.   Amigos velaram o corpo e já estavam sepultando a vítima, como sendo Manoel Romão, morador do Bairro Recreio. 

A suposta vítima mora sozinho e filhos vieram do Rio de Janeiro, depois de 24 anos, para o velório. Mesmo com alguns desconfiados de que o corpo não era de Manoel Romão, o caixão já estava dentro da cova, no cemitério São Benedito, centro daquela cidade, um senhor conhecido como Bernardo impediu que iniciasse o sepultamento, dizendo que Manoel Romão estava vivo em casa. Populares retiram o caixão da cova e começaram a questionar de quem, então, seria o corpo vítima do acidente.

Tratava-se de Eliomar Moreira Felix, conhecido como Nego Bita, morador do Bairro Floresta. Um jovem de nome Diassis chegou momentos depois de o caixão ser retirado da cova, reconhecendo que ali era o seu pai. Segundo o filho, a família estava a sua procura e quando souberam que a bicicleta da vítima estava na delegacia e que o enterro estava previsto para o cemitério São Benedito. 

Depois de desfeito a confusão, os filhos que tinham viajado do Rio de Janeiro pra enterrar o pai, logo correram para abraça-lo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.