sábado, 23 de agosto de 2014

ONZE CRIANÇAS SÃO ENVENENADAS POR HOMEM EM CAUCAIA

Crianças receberam o produto como sendo bombom através de um homem desconhecido; Polícia de Caucaia busca o suspeito.

11 crianças com idade entre 9 e 10 anos deram entrada na tarde desta sexta-feira (22) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), após ingerirem veneno cumarínico, conhecido como veneno de rato. O produto teria sido oferecido às crianças por um homem desconhecido.
O fato aconteceu por volta das 13h no momento em que as crianças chegavam ao colégio Helena Aguiar Dias, no Cumbuco. Segundo características ditas por uma das vítimas a um policial, um homem moreno e de tranças se aproximou em uma bicicleta e ofereceu o veneno afirmando ser bombom. Depois de receber, a vítima ainda teria distribuído às unidades do veneno para as demais.

Segundo informações repassadas pelas professoras da escola à diretora da UPA de Caucaia, Maisa Gonçalves, cerca de uma hora depois, já em sala de aula, as crianças começaram a reclamar de tontura, ânsia de vômito, dores na barriga e foram levadas para a Unidade logo que as professoras reconheceram que o produto se tratava de veneno.

"Cinco médicos que trabalhavam na equipe de plantão pararam os demais atendimentos e atenderam as crianças.", informou a médica pediatra Hermínia Moreira. Elas foram hidratadas e passaram por uma lavagem gástrica para que o veneno fosse expelido. Todas passam bem. Uma das vítimas foi transferida para outra unidade, mas também passa bem.
As demais crianças seguem internadas em observação até que saia o resultado de exames de sangue para avaliar qual o nível de contaminação do veneno no sangue.

Segundo informações do Cabo Luciano, do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Caucaia, equipes de plantão e do reservado, além de viaturas do Ronda do Quarteirão estão em diligências para capturar o suspeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.