sexta-feira, 26 de setembro de 2014

SSPDS REFORÇA SEGURANÇA EM SANTA QUITÉRIA PARA AS ELEIÇÕES 2014

 Pelo menos 10,2 mil homens farão a segurança dos eleitores e das seções eleitorais no próximo dia 5 de outubro, durante o processo de votação deste ano, sendo quase seis mil de reforço direcionado somente para a ocasião. Na manhã de ontem, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Servilho Paiva, apresentou à presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargadora Iracema do Vale, o Plano de Segurança para a votação deste ano.
Os agentes das polícias Civil e Militar já começam a ser direcionados para as zonas eleitorais, a partir do próximo dia 30 de setembro e só devem retornar aos seus postos no dia 7 do próximo mês. Segundo informou o gestor da pasta, haverá um aumento no efetivo de quase 6 mil agentes da Segurança, além do contingente normal de 4.200 homens.
Somente da Capital para o Interior serão designados 1.224 homens, e os gastos, conforme o documento de registro da segurança do pleito, serão da ordem de R$ 543,6 mil apenas com aqueles policiais que trabalharão para garantir a segurança durante o pleito.
Da Polícia Militar serão 4.718 policiais, enquanto que a Polícia Civil dará apoio com 1.147 agentes. Oito homens da Coordenaria Integrada de Planejamento Operacional (Copol) e 81 da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) também ajudarão no efetivo.
Cerca de 1.450 viaturas da PM, 167 da Civil, quatro do Copol e seis aeronaves do Ciopaer serão utilizadas. O secretário Servilho Paiva disse que a redistribuição dos policiais se dá como em um carnaval, onde Municípios tranquilos recebem até três vezes mais o número de foliões para os festejos.

Normalidade
O juiz auxiliar da presidência, Cléber de Castro Cruz, afirmou que pelas ocorrências que chegam á comissão de Segurança do TRE, o pleito está dentro da normalidade.
Segundo ele, por ser uma eleição geral há poucas ocorrências, ressaltando, no entanto, que quatro municípios do Estado, devido ao acirramento na reta final, necessitaram de um maior efetivo. Santa Quitéria, Morrinhos, Aquiraz e Morada Nova registraram problemas que demandam um aumento de agentes para garantirem a segurança e a ordem nos próximos dias.
Conforme explicou, na sede do TRE existem representantes de cada uma das instituições de Segurança, como Polícia Federal, Militar e Civil, e que, dependendo da situação, há uma demanda a ser apresentada à presidente Iracema do Vale, a partir desses setores.
Ele disse ainda que no dia do pleito as principais ocorrências são abordagens de última hora ao eleitor, o que se configura como "boca de urna". "Nós estamos cumprido todo o planejamento para essas eleições, e estamos dando execução a todas atividades. Existe todo um arsenal de atividades por trás do voto do eleitor, e tudo está ocorrendo dentro do prazo", assegurou.
Conforme informou o secretário Servilho Paiva, todo o efetivo, inclusive aqueles que estão designados para o as secretarias e Tribunal de Justiça, trabalharão durante os dias que antecedem o pleito até dois dias depois. Ele assegurou ainda que o policiamento das áreas continuarão trabalhando normalmente, e que o emprego do efetivo a mais vai para aglomerados eleitorais.
"Nós trabalharemos para garantir a ordem e a segurança nas eleições, com tranquilidade para que o eleitor faça sua votação com toda imparcialidade. Todo o efetivo está sendo empregado para esse dia, inclusive, os que fazem tarefas mais internas. Estão suspensas as licenças e férias". Para ele, não há um local que tenha chamado mais para se ter reforço, destacando que o planejamento foi discutido com TRE, Ministério Público e as forças de segurança do Estado.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.