sexta-feira, 3 de outubro de 2014

66% das agências bancárias estão paralisadas no Ceará

Greve dos bancos

O número de unidades com atividades interrompidas cresceu, no Ceará, desde do início da paralisação, que chega hoje no quarto dia.

Das 527 agências bancárias do Ceará, 352 - 66,79% do total - estão com atividades paralisadas nesta sexta-feira, segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará (Seeb-CE). O dado demonstra aumento da adesão da categoria, que chega hoje ao quarto dia de greve nacional.
De acordo com as informações divulgadas pelo Seeb-CE, 329 unidades do Estado estavam paradas na última quarta-feira. No dia seguinte, o número aumentou para 346 agências.
Contrastando com os dados divulgados pelo Seeb-CE, a Associação dos Bancos do Ceará (Abance) informou hoje que "existem algumas agências fechadas, com concentração no Centro da Cidade e Aldeota". A entidade ressaltou que "os caixas eletrônicos estão em pleno funcionamento, bem como o abastecimento de numerário está acontecendo normalmente".
Na noite de hoje, o Comando Nacional dos Bancários irá se reunir, em São Paulo, com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. A expectativa é que a federação apresente uma nova proposta para a categoria.
Entre as principais reivindicações dos bancários estão o reajuste salarial de 12,5% e o aumento do piso para R$ 2.979,25 - valor equivalente ao salário mínimo calculado pelo  Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.