quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Polícia Federal apreende propaganda ilegal contra Eunício Oliveira

Ações da Polícia Federal e da Justiça Eleitoral movimentaram as coordenadorias das campanhas ao Governo do Ceará nesta quarta-feira (22). Logo cedo, policiais acompanharam representantes do Judiciário durante o cumprimento e um mandado de busca e apreensão no comitê da coligação “Ceará de Todos”, do candidato Eunício Oliveira (PMDB), no Dionísio Torres, em Fortaleza. As autoridades procuravam por materiais de propaganda irregular, como camisetas, bonés e outros brindes. Nada de irregular foi encontrado. A assessoria do candidato classificou a ação como “intimidatória”. Para a coligação, as autoridades estão sendo induzidas ao erro.

Na mesma manhã, a Polícia Federal anunciou a apreensão de farto material com propaganda irregular contra Eunício. Dois fardos de impressos, com o título de “Momento Político”, assinados pelo radialista Carlos Silva, tinham como manchetes supostas notícias relacionadas ao patrimônio declarado pelo candidato. Também foram apreendidas mais de 1.500 cópias de DVDs contendo um vídeo no qual pessoas, anunciadas como moradores de Lavras da Mangabeira, questionam as intenções do peemedebista no Governo. A reprodução das imagens na campanha foi proibida pela Justiça Eleitoral.

O local onde o material foi encontrado, no entanto, não foi informado. Os envolvidos, entre eles menores de idade, foram ouvidos e depois liberados. Os depoimentos e os materiais confiscados foram enviados à Justiça Eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.