segunda-feira, 17 de novembro de 2014

CAMOCIM-CE: OPERAÇÃO CONJUNTA ENTRE POLÍCIA CIVIL E POLÍCIA MILITAR PRENDE MAIS DOIS ACUSADOS DO HOMICÍDIO NA OLINDA.


Apesar da má fama do ex-detento Gilmar Gonçalves dos Santos, vulgo "Nego Caroço", 19 anos, vítima de homicídio ocorrido no bairro da Olinda durante a noite de sábado, 15, a polícia iniciou uma verdadeira caçada aos acusados do crime, esse é o seu papel, não importa a ficha criminal da vítima.
Ainda na mesma noite do sinistro, uma equipe do Ronda do Quarteirão prendeu Ricardo dos Sntos Ferreira de Aragão, 19 anos, vulgo "Curtiço", um dos acusados. A mesma equipe policial ainda apreendeu o adolescente M.D., 17 anos, também acusado de participação no homicídio. Na ocasião os dois foram conduzidos à DPC e entregue a autoridade policial que tomou as medidas cabíveis ao caso.
Já no início da manhã de domingo, 16, policiais e civis e militares deflagraram uma operação pelo bairro da Olinda onde foram detidos vários jovens suspeitos de terem participado do crime que vitimou "Nego Caroço". Todos foram levados para a DPC onde prestaram esclarecimentos, sendo que o delegado plantonista, Dr. Herbert Pontes, entendeu que dois deles tiveram participação direta no crime e foram autuados em flagrante por crime de homicídio, artigo 121 do CPB,  são eles:


Quadrado, acusado
  • Abdias do Nascimento Silva, vulgo "Diguinho", 18 anos, natural de Camocim e residente no bairro da Olinda.
  • Lucas Farias Pinto, vulgo "Quadrado", 25 anos, natural de Camocim e residente no bairro da Olinda.
Diguinho, acusado

Contra os outros dois, Curtiço e o menor M.D., acusados de terem tentado matar na mesma noite o indivíduo "Herói", também foram feitos procedimentos em relação ao homicídio de Nego Caroço, sendo que já estão presos na cadeia pública de Camocim o Curtiço, o Lucas e o Abdias. Já o menor M.D., continua em liberdade.
Segundo apurou o Camocim Polícia 24h, um indivíduo conhecido como "Coco" ainda está sendo procurado pela polícia. Ele seria um dos principais acusados e estaria com a arma utilizada no crime.


Curtiço, acusado
Nego Caroço, vítima do homicídio

Participram da operação:
Polícai Civil: Inspetores Sérgio, Brito, Eudes e A. Neto.
Polícia Militar: Sds Djany, Santos e Ribeiro

Camocim Polícia 24h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.