segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Mulher é encontrada morta em Varjota; suspeito é seu companheiro e é detido

O fato ocorreu na noite de domingo (07/12/14) ou madrugada desta segunda (08), nas proximidades do bairro Balneário, já fora da rua, próximo a um curral, em Varjota. A vítima foi Adriana da Silva Rodrigues, nascida em 10/05/1983 (31 anos), residente na chamada rua do Quinze, no bairro Pedreiras, nesta cidade. Por volta das 05h00 desta segunda, populares ligaram para o 190 da Polícia Militar de Varjota, onde um guarda municipal atendeu e recebeu a informação. 
De imediato, o guarda comunicou o caso à PM e a Guarda já se dirigiu ao local, onde em seguida chegaram também os policiais militares. A princípio foi possível ver apenas uma perfuração no pescoço de Adriana, não se sabendo provocada por faca ou outro objeto cortante, mas a Perícia ao chegar ao local chegou a conclusão que o que provocou a perfuração foi um toco queimado, que havia próximo ao local. 
A PM começou a colher informações e familiares da vítima informaram que suspeitavam do companheiro da mesma, de nome Antonio Eliésio da Silva, conhecido como Eliésio Cassote, 32 anos, calceteiro, residente no citado bairro. 
Os militares se dirigiram até a residência do suspeito, onde o encontraram e o conduziram até a Delegacia de Polícia Civil de Varjota, para uma investigação.
Em entrevista a nossa reportagem, o suspeito nega, dizendo que está tranquilo e podem investigar, pois ele não é o autor do crime. O mesmo garante que estava durante toda a noite e que ela passou a noite fora de casa, ingerindo bebidas alcoólicas, como era de costume, segundo ele. A polícia agora aprofunda as investigações para ter a certeza se o autor do crime foi mesmo o companheiro dela ou não.


Suspeito.
Fotos: RobertoLiraNotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.