terça-feira, 16 de dezembro de 2014

VOTO “SURPRESA” GERA CONFUSÃO E ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE DA CÂMARA DE IGUATU É CANCELADA

 No lugar da votação, gritaria, cadeiras arremessadas e até spray de pimenta. Devido ao clima de guerra instaurado na Câmara de Vereadores de Iguatu, o atual presidente Bandeira Júnior cancelou a sessão que elegeria a mesa diretora para o biênio 2015/16.
A votação começou as 10h05. O atual presidente da Câmara abriu a votação, que é secreta. Em seguida, atendendo a ordem alfabética, o vereador Antônio Baixinho deu prosseguimento à votação. Duas chapas disputam a mesa diretora. Pela situação, o candidato escolhido foi Ronald Bezerra. Pela oposição o candidato a presidente foi Rubenildo Cadeira, que até recentemente integrava a base de situação.

No entanto, o surgimento de um “voto surpresa” acirrou os animos no plenário e gerou bastante confusão. Quando a urna foi aberta para conferência, existia uma cédula a mais, totalizando-se 18 votos, apesar de serem 17 vereadores. O presidente da Câmara convocou dois representantes – um da situação e outro da oposição – para conferirem a autenticidade dos votos, tendo em vista que cada cédula tem, obrigatoriamente, a assinatura do atual presidente.
Houve gritaria, cadeiras foram jogadas e a confusão, inciada pelos vereadores, tomou a plenária que estava lotada. A Polícia Militar teve de intervir usando spray de pimenta. Após meia hora de bate-boca, Bandeira Júnior optou pelo cancelamento da sessão.
– A sessão está encerrada. Abriremos outro edital nos próximos dias para escolhermos uma nova data para votação; disse o presidente.

Iguatu.Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.