quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Elementos atiram contra a cadeia e carro de preso do semi aberto em Varjota

O fato ocorreu na madrugada desta quinta-feira (21/01/15), por volta das 03h20, na cadeia pública, no centro da cidade de Varjota. A cadeia estava toda fechada, quando o agente responsável pela segurança dos presos ouviu vários tiros. Mas ninguém foi baleado. Alguns tiros tiros atingiram paredes da cadeia, onde se pode ver bem dois deles, em que o buracos ficaram bem visíveis.
Além de paredes da cadeia, um carro também foi baleado. Trata-se carro Fiat Punto, placas ORV 2490, inscrição de Varjota, de propriedade do preso do regime semiaberto Tiago Caetano, conhecido como Batata, no momento em que ele estava no pernoite na cadeia.

A Perícia Forence esteve no local periciando a cadeia e o carro.
Minutos depois, chegou ao local o capitão Leandro, comandante da Companhia da PM de Santa Quitéria, que comanda a PM de Varjota e outros município da região.

O capitão e o sargento B Sousa concederam entrevista ao Jornal Regional da Styllus FM de Varjota e site Roberto Lira Notícias. O capitão Leandro informou que está em Varjota para dar apoio ao trabalho da FTA de Varjota e que o caso está praticamente desvendado e os acusados serão punidos. O sargento B Sousa afirmou que acredita que este atentado contra a cadeia tem ligação com a tentativa de homicídio que ele (sargento) sofreu.

Capitão Leandro, da Cia da PM de Sta. Quitéria, em Varjota.
Sargento B Sousa (o Linha Dura), da PM de Varjota

ASSISTA:



*Com informações de Roberto Lira Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.