domingo, 18 de janeiro de 2015

EM CAMOCIM, VIGILANTE DE 23 ANOS MORRE EM COLISÃO ENTRE MOTO E CARRO NO LAGO SECO.

Em menos de um mês esse é o segundo acidente com vítima fatal registrado na recém inaugurada CE-204, que liga a cidade de Camocim à Praia do Maceió. 


O jovem vigilante de 23 anos identificado como Francisco Kelton Sousa Hora, que residia na Rua Moisés Cavalcante Rocha, no bairro da Olinda, morreu durante um violento acidente de trânsito ocorrido por volta de 01h20 da madrugada deste domingo, 18, duas curvas antes da ponte no Lago Seco, na recém-inaugurada CE 204, que liga a cidade de Camocim à Praia do Maceió.
Exatamente na data do natal, no dia 25 de dezembro de 2014, na Avenida Marilago, ali próximo, foi registrado o primeiro acidente de trânsito com vítima fatal da CE-204, o também jovem Eduardo Pereira de Brito Júnior, 28 anos, conhecido em toda a cidade como "Júnior Manteiga", perdeu a vida durante um acidente envolvendo a moto que ele conduzia e um carro. Relembre o caso AQUI.
Desta vez, o jovem Kelton conduzia uma moto Honda Titan de cor preta, placa ORX 9055, quando colidiu de frente com um Honda Civic de cor azul e placa NHL 1919 conduzido por um homem identificado como Marlon dos Santos, natural e residente no Estado do Rio de Janeiro.
Com o impacto do acidente, o condutor da motocicleta foi jogado pra longe, sofreu uma forte pancada na cabeça e veio a óbito no próprio local. Testemunhas que viram o motociclista minutos antes do acidente dizem que ele usava capacete.
O condutor do carro nada sofreu. Ele permaneceu no local do acidente até a chegada da Polícia Militar. Em sua versão para os pm’s ele disse que trafegava sentido contrário com a vítima quando em uma curva fechado o motociclista, em alta velocidade, avançou para contramão e ocasionou o sinistro.
Somente ao amanhecer do dia os peritos da perícia forense chegaram ao local, realizaram os trabalhos de praxe e trasladaram o corpo da vítima para o IML da cidade de Sobral.
Do blog: A CE que liga Camocim à Praia do Maceió sem dúvidas foi uma conquista grande para o município, porém todos sabemos que é uma rodovia perigosa, cheia de curvas e por ser usada por pessoas que procuram lazer, muitas vezes associado ao álcool, urge de uma fiscalização rígida, caso contrário correrá o sério risco de ser mantida essa triste estatística, dois mortos em menos de um mês. Placas, somente placas não resolve o problema. Talvez alguns redutores de velocidades colocados em locais estratégicos amenizassem o problema, todavia, por se tratar de uma rodovia estadual, faz-se necessário a fiscalização rígida da P.R.E, multando, apreendendo veículos e prendendo condutores irregulares.














Camocim Polícia 24h 
Colaboradores: Sds Cleuton e Valterney

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.