terça-feira, 27 de janeiro de 2015

UNIVERSITÁRIO É EXECUTADO A TIROS NA CIDADE DE PARAMBU

Um jovem de 20 anos, estudante do curso de Engenharia Civil, foi morto, na madrugada de ontem, durante uma confusão em um bar, na localidade de Juazeiro, em Parambu (a 400Km de Fortaleza). De acordo com a Polícia, Mikael Moreira Feitosa estava com um grupo de amigos quando um tumulto começou. Um homem identificado com Antônio Leandro Almeida, 52, teria sacado um revólver e efetuado vários disparos.                      
O delegado que responde interinamente pela Delegacia Regional de Tauá, Victor Timbó, disse que testemunhas e envolvidos na confusão foram ouvidos, mas, por enquanto, os motivos que incitaram a discussão não foram elucidados.
"Eles estavam bebendo e isto acirrou os ânimos. Os colegas do Mikael, cerca de oito pessoas, chegaram a participar da luta corporal. O suspeito foi até o carro e, de lá mesmo, efetuou um tiro de revólver, que atingiu a vítima. Desembarcou do veículo e efetuou mais dois tiros", disse o delegado Victor Timbó.

 Mikael Feitosa chegou a ser levado ao Hospital Municipal de Doutor Cícero Ferreira Filho, em Parambu, mas já chegou na unidade de saúde morto. Segundo informações da Polícia, somente o acusado Antônio Almeida estava armado.

"Foi uma reação extremamente exagerada. Até onde se sabe foi uma confusão banal. Nada justifica uma morte. Foi uma atitude de violência desmedida, que acabou com a vida de um jovem", declarou o delegado.

Procurado

O suspeito do homicídio já era procurado pela Polícia pela prática de uma outra execução, ocorrida no Município de Quixeramobim. "Ele iria a júri popular em março. Já morou no Paraná, mas vivia na Cidade de Parambu na condição de foragido, porque tinha um mandado de prisão preventiva em aberto". Victor Timbó disse que representou por um novo pedido de prisão preventiva para Almeida na tarde de ontem. Um homem, identificado pela Polícia como Josias Alves de Oliveira, que teria dado fuga ao atirador, também está sendo procurado.

"O que nós sabemos é que eles escaparam em um Fiat, modelo Uno, de cor prata, com placas da Bahia. Como ele estava armado, ainda não podemos afirmar se o Josias deu fuga espontaneamente ou se foi feito de refém".

No fim da noite de ontem, o veículo utilizado na fuga foi localizado na Zona Rural de Parambu. Policiais civis e militares, sob a coordenação do delegado Victor Timbó, fizeram um cerco na localidade de Facundo, próximo a casa de um dos suspeitos, mas até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso.

Mikael Feitosa é filho do vereador de Parambu Ronaldo Moreira Feitosa. O jovem morava em Manaus, no Amazonas, e sua volta estava programada para hoje. O corpo do estudante será sepultado hoje, em Parambu, onde ele passava as férias.


Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.