quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

14 MUNICÍPIOS REGISTRAM 68 CASOS SUSPEITOS DE SARAMPO

 O mais recente boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), divulgado na última segunda-feira (23), indica que 14 municípios cearenses têm  68 casos de sarampo sendo investigados. São eles: Fortaleza (27 casos), Caucaia (20), Itaitinga (6), Pentecoste (3), São Gonçalo do Amarante (2), Eusébio (2), Aquiraz (1), Cascavel (1), Ocara (1), Maranguape (1), Pindoretama (1), Maracanaú (1), Itapajé (1) e Itatira (1).
Segundo a Sesa, dos 266 casos da doença notificados este ano, 163 foram descartados e 35 confirmados. Desde o início do surto, em dezembro de 2013, foram notificados no Ceará 2.124 casos suspeitos de sarampos. Desse total, 1.326 foram descartados e 730 confirmados em 32 municípios.
Em relação ao boletim epidemiológico anterior, divulgado em 13 de fevereiro, foram confirmados dois novos casos de sarampo. Os 68 casos que continuam em investigação ocorreram a partir de 19 de janeiro, com o último caso em 15 de fevereiro.
Para se proteger da doença, que é altamente transmissível de pessoa para pessoa ao tossir, respirar e falar, a recomendação é única: vacinar. A Secretaria da Saúde alerta os pais para a necessidade de vacinar as crianças desde cedo. A primeira dose da vacina já deve ser assim que a criança completar seis meses. Quando completar um aninho precisa ser vacinada de novo. Deve ser vacinada pela terceira vez quando completar um ano e três meses. As vacinas estão disponíveis, gratuitamente, nas Unidades Básicas de Saúde. A primeira e a segunda doses, além do sarampo, protegem contra a caxumba e a rubéola. A terceira vacina é a tetra viral, que evita o sarampo, a caxumba, rubéola e também a catapora.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.