sexta-feira, 17 de abril de 2015

87% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA É A FAVOR DA REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

 Uma pesquisa realizada pelo Datafolha e divulgada nesta quarta-feira (15) pelo jornal 'Folha de S. Paulo' indicou que 87% da população brasileira é a favor da redução da maioridade penal. O número é o maior desde a primeira pesquisa realizada sobre o tema, em 2003, que apresentava uma taxa de aceitação de 84%.
Dos entrevistados, 74% acreditam na redução para qualquer tipo de crime, enquanto 26% acreditam que a medida deve valer apenas para alguns delitos.
O tema é objeto de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e visa fixar em 16 anos, atualmente é 18, a idade em que uma pessoa pode ser presa.
A proposta ainda está em discussão na Câmara, através de uma comissão especial, e três meses será o período de análise. Se aprovada, ela segue para o Senado.
A maior parte dos que aprovam, segundo o Datafolha, está nas regiões Centro-Oeste, com 93%, e Norte, com 91%. Já a maioria contrária em relação à mudança está entre os mais escolarizados, que mostraram 23%, e os mais ricos, com 25%.
Ao todo, 11% são contra, 1% são indiferentes e mais 1% não soube responder.

Idade
45% dos entrevistados pelo instituto acreditam que  16 e 17 anos são a idade mínima para uma pessoa ser presa. Outros 28% definiram como uma idade mínima o período entre os 13 e os 15 anos.
12% apontaram a idade entre 18 e 21 anos enquanto 11% acredita que com 12 anos uma pessoa já pode ser levada para a cadeia.
Já na Câmara, 14 dos 27 deputados que discutem a medida acreditam que a redução só deve ocorrer para crimes hediondos, como homicídio qualificado, latrocínio, estupro e sequestro.
Ainda em 2006, em outra pesquisa, 84% da população brasileira era a favor da redução. A margem de erro da pesquisa é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Redação Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.