terça-feira, 5 de maio de 2015

CASTELÃO TEVE 1.580 CADEIRAS QUEBRADAS E PREJUÍZO TOTAL PODE CHEGAR A R$ 500 MIL

Diante do vandalismo ocorrido após a final do Campeonato Cearense, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e Secretaria de Esportes (Sesporte) divulgaram, o prejuízo causado pelos torcedores na partida.
Na tarde desta segunda-feira (4), em entrevista coletiva, a administração responsável pela Arena Castelão contabilizou, juntamente com a Secretaria de Esportes do estado os danos. Quatro portas de acesso foram destruídas, 1.580 cadeiras foram quebradas, seis TVs de led despedaçado, duas portas de quiosque danificadas. Cada cadeira custa R$ 300,00, em um prejuízo total de R$ 500 mil, em média.
Em dia a ser divulgado, tanto Fortaleza, como Ceará, irão fazer uma vistoria para saber qual valor cada um vai ter que desembolsar.
Segundo o secretário de segurança, Delci Teixeira, foram mais de 500 militares deslocados para a operação. O mesmo plano de segurança traçado pela PM foi utilizados nos outros clássicos, onde foram realizados na Copa do Nordeste e nas outras partidas do Campeonato Cearense.
Ainda de acordo com o titular da pasta de segurança, Batalhão de Choque, Batalhão de Eventos, Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio), Corpo de Bombeiros, Comando Tático Motorizado (Cotam) e o Ronda estavam fazendo a segurança do evento.
O batalhão de eventos contou com 160 policiais, sendo 80 dentro da Arena, mais 80 fora na parte externa do estádio. Devido a confusão generalizada, 40 PM’s entraram no gramado para auxiliar aos que estavam tentando conter o vandalismo. No total, 120 oficiais ficaram dentro do campo.
Na noite do último domingo (3), na Arena Castelão, o Fortaleza empatou com o Ceará em 2 a 2 e sagrou-se campeão cearense, obtendo o quadragésimo título estadual. Depois do apito final, confusão e pancadaria tomaram conta do ‘Gigante da Boa Vista’.

Tribuna do Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.