terça-feira, 28 de julho de 2015

FIM DA ERA "HILUX": POLÍCIA MILITAR ESTRÉIA NOVAS VIATURAS EM AGOSTO

O programa de policiamento do governo estadual sofrerá algumas mudanças visíveis nos próximos dias. Da troca das viaturas à readequação das Áreas Integradas de Segurança (AIS), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) projeta um novo ciclo no Ceará. A partir a próxima quinta­-feira (30), as novas viaturas adquiridas pelo Governo deverão ser entregues pela empresa vencedora da licitação. As Toyota Hilux, símbolo do programa desde a impantação, em 2007, dividirão espaço com 30 veículos modelo Renault Duster. Além disso, as atuais seis AIS de Fortaleza serão readequadas e ampliadas para dez. Outra mudança sensível e aguardada será a apresentação dos números de Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), em que estão computados os dados de roubos, exceto latrocínios, no Estado.

Novidades 

As mudanças no programa Ronda do Quarteirão eram aguardadas para a segunda quinzena de julho. Em abril, o governo anunciou a reestruturação, com a criação de 25 Unidades Integradas de Segurança (Unisegs), em um primeiro momento. A reportagem conversou com o secretário titular da SSPDS, Delci Teixeira, que explicou as mudanças. Ele esclareceu que o atraso no início do projeto se dá devido a pendências contratuais com a Renault. "Tivemos uma pequena dificuldade pois a empresa que ganhou a licitação para a venda das viaturas estava com uma pendência no Estado. Isso foi resolvido e a empresa, liberada", disse. De acordo com o secretário, os veículos deverão estar preparados para ir às ruas já a partir do próximo dia 30. "Já vamos receber as viaturas adesivadas e preparadas para o trabalho", prospectou Delci Teixeira. Para a apresentação dos novos carros da Polícia cearense, a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, é aguardada. Ele deverá participar do lançamento do Pacto por um Ceará Pacífico, projeto voltado para a prevenção da violência e redução da criminalidade no Estado. O lançamento era aguardado, inicialmente, para o fim do mês de junho. 
O secretário de segurança garantiu que o cronograma de instalação das Unisegs será mantido. A princípio, cinco das seis AISs localizadas na Capital serão beneficiadas com as novas unidades.  



Bairros 

Os bairros Vicente Pinzón, São Miguel, Praia de Iracema, Bom Jardim e Genibaú abrigarão as primeiras Unisegs, com uma companhia do Ronda e uma delegacia da Polícia Civil funcionando 24 horas. Ao todo, serão 88 policiais atuando em cada uma das 25 companhias, somando 2.200 apenas na Capital. Em um segundo momento do Programa, 28 Unisegs serão criadas no Interior do Estado e 14 na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). "Acredito que tudo isso virá em auxílio ao nosso trabalho e aos resultados que estamos obtendo até então. A redução dos homicídios já é algo que se solidificou, já vamos para o sexto mês consecutivo", comemorou o secretário Delci Teixeira. Uma crítica recorrente era a ausência de dados disponíveis acerca dos roubos ou Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), na nomenclatura adotada pela SSPDS. Teixeira, porém, garante que no próximo mês serão novamente disponibilizados os números, para que a Pasta volte também seu olhar para a questão desse tipo de crime. Teixeira revela que os roubos, que geram sensação de insegurança na população, serão gradativamente tomados como prioridade, sem esquecer dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), que englobam homicídios, latrocínios e lesões corporais. "Temos agora que começar a nos preocupar com o CVP. Primeiro, vamos estabelecer um banco de dados confiável para que possamos fazer a divulgação. Vamos fazer essa divulgação agora no começo de agosto, sobre os dados de julho". 

População 

Para o secretário, será necessária a compreensão da população e participação no sentido de informar todas as ocorrências aos órgãos públicos. "Nós sabemos que há uma subnotificação de alguns eventos dessa natureza, pois às vezes a pessoa não quer entrar na fila, se deslocar até uma delegacia. Procuramos corrigir isso", enfatizou o titular da SSPDS. A última divulgação de dados de roubos pela SSPDS foi em março do ano passado. 

Levi de Freitas Repórter
Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.