segunda-feira, 19 de outubro de 2015

GASOLINA E DIESEL PODEM TER NOVO AUMENTO NO CEARÁ

O consumidor cearense ainda nem bem se acostumou com o último reajuste de até 10% nos preços dos combustíveis aplicados no Estado, e a gasolina e óleo diesel já devem ser elevados novamente, em menos de um mês, voltando a pressionar a inflação e o orçamento doméstico e das empresas. Se no aumento passado, a vilã apontada pelos postos e as distribuidoras foi a Petrobras, agora a alegativa dos revendedores é de que a elevação da margem de referência para fins de incidência do ICMS, de R$ 3,31 para R$ 3,55, seria a causa da nova "carga" nos preços e consequentemente, no bolso do consumidor.

Antes do reajuste, quando o preço médio da gasolina girava em torno de R$ 3,37, o Governo do Estado tributava o produto sobre o valor de referência de R$ 3,31. Agora com o preço médio do litro da gasolina, na bomba, em R$ 3,64, a nova pauta de referência passou para R$ 3,55. Esse valor é 2,5% menor do que o preço médio que é cobrado, na bomba, para o consumidor.

Fontes do setor dizem, no entanto, que este não seria o único motivo, mas que as distribuidoras de combustíveis estariam alegando aumento nos custos de transporte, de estocagem e nos preços do etanol, nas usinas de cana e açúcar, para justificar a nova alta.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.