terça-feira, 16 de agosto de 2016

JULHO FOI O MÊS MAIS QUENTE JÁ REGISTRADO

Dados divulgados na segunda-feira (15) pela Agência Espacial Americana (Nasa) revelam que o mês de julho passado atingiu alta recorde de temperatura. Mesmo após o enfraquecimento do fenômeno “El Niño”, que eleva as temperaturas globais em conjunto com as mudanças climáticas, o mês de julho de 2016 foi 0,84ºC mais quente do que a média registrada entre 1950 e 1980, e 0,11ºC acima dos meses de julho mais quentes até então registrados, em 2011 e 2015.

O diretor do Instituto Goddard para Estudos Espaciais da Nasa, Gavin Schmidt, divulgou através do Twitter um gráfico com o aumento da temperatura em julho de 2016, afirmando ser este o mais quente desde o início dos registros.


Os cientistas atribuem a alta das temperaturas principalmente às mudanças climáticas provocadas pela queima de combustíveis fósseis, além de uma intensificação do El Niño, que, com intervalo de alguns anos, provoca um aquecimento natural em regiões do Oceano Pacífico, modificando as temperaturas em todo o mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.