quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Falta de respeito: Servidores públicos de Santa Quitéria estão sem receber seus salários

Em Publicação em rede social a presidente do SINDSEP (Sindicato Dos Servidores Públicos) Germana Aragão relatou sua indignação confira:
Não sabemos como definir o que passamos nesse momento, irresponsabilidade, falta de gestão, má fé, vingança por ter perdido um pleito eleitoral. O que acompanhamos ao longo dos quatro anos foi um completo descaso e desrespeito com o servidor público municipal, quatro anos sem reajuste, sem condições de trabalho, com retirada de direitos como foi o caso de insalubridade dos profissionais de saúde, fomos pegos de surpresa aos termos nossos nomes negativados no SPC/SERASA por temos empréstimos consignados que é descontado em folha e não é repassado ao banco credor e agora no final da gestão os pagamentos dos proventos sendo pagos por partes com um razoável atraso. Somos sabedores que a Prefeitura Municipal de Santa Quitéria recebeu os repasses dos recursos federais, só não conseguimos compreender o porquê de tanta falta de organização.
A folha de pagamento da Saúde receberam alguns profissionais e outro não, algo que nunca tinha acontecido na história do município nos últimos tempos, passamos por atraso salarial na folha que corresponde os 40% do FUNDEB sem que o município desse uma explicação plausível. Nós servidores públicos municipais trabalhamos, cumprimos com nossas obrigações e hoje nos encontramos em uma situação onde brincam com nossas caras quando buscamos informações na própria prefeitura. Somos pais e mães de família, temos nossos compromissos e pretendemos honrar com eles, acompanhamos depois das eleições um processo de desmonte onde a cada dia que passa vemos nosso município definhar.
Diante de todos os acontecimentos repudiamos a atitude do excelentíssimo senhor prefeito e dos secretários municipais pela falta de zelo com que tratam a estrutura do serviço público municipal e que faz os serviços desse município funcionar. Os órgãos judiciários de recesso, a Câmara Municipal de recesso e por nós somente nosso Sindicato e nossa coragem, pois temos que arregaçar e se necessário for, ocupar a prefeitura para que nossos proventos de novembro e dezembro sejam pago.

Repatriação
Por outro lado a classe trabalhista de Santa Quitéria e a população pedem que os R$ 1.545.950,80 milhões da repatriação seja usado para pagar os servidores e usado para benfeitorias no município.
Por Portal Nordeste News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.