terça-feira, 7 de março de 2017

EDUCAÇÃO: GOVERNO LANÇA PROGRAMA DE ENSINO MÉDIO INTEGRAL NO CEARÁ

No Ceará, 26% das escolas da rede estadual funcionam em tempo integral. São 63,5 mil alunos já beneficiados com jornada prolongada de ensino

R MVS12721O governador Camilo Santana lançou, na segunda-feira (6), no Centro de Eventos, o Programa de Ensino Médio Integral do Ceará. A ação, que começou como projeto piloto em 26 escolas no ano passado, está sendo ampliada para 45 novas unidades. Ao todo, são 71 escolas de ensino regular com a jornada prolongada, somadas às Escolas de Ensino Profissional, o Estado passa a ter mais de 26% das escolas funcionando em tempo integral.  Já são 63,5 mil alunos beneficiados com essa modalidade.

Em pronunciamento durante a solenidade de lançamento, Camilo Santana reforçou que a meta do Governo do Ceará é seguir o planejamento para que, a médio e longo prazo, todas as escolas do Ensino Médio do Ceará sejam de tempo integral. "Eu tenho um sonho de que, um dia, todas as escolas de Ensino Médio do Ceará sejam de tempo integral. Mesmo diante de todas as dificuldades, do cenário econômico, do cenário político, do cenário de seca, nós temos a compreensão de que o grande caminho para se construir um Estado melhor, com sociedade mais justa e de mais oportunidades, é através da Educação", afirmou o chefe do Executivo.

Ao todo, 31 municípios cearenses contam com escolas de ensino regular em tempo integral, beneficiando cerca de 15,5 mil alunos. As 45 novas unidades estão localizadas entre os 20 municípios mais populosos - dentro de áreas consideradas mais vulneráveis. Para o programa capitaneado pela Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) serão investidos mais R$ 108,8 milhões - 20% do governo federal e 80% do governo estadual. Os recursos serão usados na adequação estrutural de cada escola que se tornará de Tempo Integral: ampliação, adaptação e aquisição de novos equipamentos, contas públicas, alimentação escolar, custos com salários e contratações de novos profissionais em todo o Estado. 
quadro rede estadual educacao-01
Ensino Médio Integral no Ceará

O projeto-piloto para implantação do tempo integral no Estado começou em 2016, quando 26 escolas estaduais de ensino regular receberam o modelo. Com o avançar do programa em 2017, 187 das 712 escolas estaduais atenderão à jornada prolongada - 116 destas são Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEPs), que ofertam cursos técnicos integrados ao Ensino Médio. A expansão  da ação se dará gradualmente até 2018.

R MVS1302Acompanhado pelo governador durante o evento, o secretário da Educação, Idilvan Alencar, celebrou a representatividade da implantação do programa para transformar a realidade educacional no Ceará e também no Brasil. "Hoje é um dia histórico para a educação cearense. Nós apostamos no tempo integral, que na Europa é obrigatório para todos os alunos. Aqui no Brasil temos exemplos bons, como o de Pernambuco. Posso dizer que fomos ousados. Queremos que essa proposta sirva de exemplo para o Brasil", ressaltou.

Também estiveram presentes no evento a vice-governadora Izolda Cela, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, deputados federais, deputados estaduais, além de estudantes das escolas, professores e gestores escolares da rede estadual de ensino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.