quarta-feira, 17 de maio de 2017

Ferreira Aragão defende estímulo à produção cultural do Estado, destacando o cinema do interior

Deputado Ferreira Aragão
O deputado Ferreira Aragão (PDT) informou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta terça-feira (16/05), que vai apresentar projeto de lei no qual destina um terço dos recursos públicos para produção cultural aos artistas do Interior.

O parlamentar parabenizou o Governo por destinar R$ 44 milhões para a área de cultura. De acordo ele, a aplicação desses recursos precisa ser acompanhada, para que não ocorram desvios de finalidade.

Para tanto, Ferreira Aragão adiantou que o projeto de lei irá definir que os recursos devem ser direcionados para pessoas que já trabalham na área artística.

Além disso, o deputado ressaltou conhecer cineastas do Interior que investem o próprio dinheiro nas produções cinematográficas, além de trabalhar com atores voluntários, por falta de recursos.

De acordo com Ferreira Aragão, o projeto estabelecerá ainda que salas de cinema construídas com recursos públicos sejam obrigadas a exibir produções locais. “Devemos prestigiar o artista da terra”, defendeu.

O deputado disse ainda que, as salas construídas para a exibição de filmes também poderão ser utilizadas para a apresentação de artistas musicais. Para ele, os incentivos da cultura devem ser destinados para as pessoas que não têm recursos para se autofinanciarem.

Em aparte, a deputada Mirian Sobreira (PDT) informou que serão destinados R$ 3 milhões aos dez maiores municípios do Estado para a construção de salas de cinema. Ela concordou que os incentivos devem ser destinados para os artistas que não possuem recursos próprios para financiar as produções.


* Com AL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.