quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Outubro Rosa: Ovo ajuda a prevenir o câncer de mama

O ovo é um aliado na prevenção ao combate ao câncer de mama. Uma gema tem cerca de 300 microgramas de Colina, nutriente essencial da vitamina B que reduz em cerca de 24% o risco de incidência da doença. Para conscientizar sobre a importância do diagnóstico precoce e buscar romper antigos preconceitos ainda presentes na mentalidade dos consumidores e formadores de opinião sobre o consumo do produto, pelo quarto ano consecutivo a Associação Cearense de Avicultura (ACEAV) é parceira da Campanha Outubro Rosa.
O presidente da Aceav, empresário e médico veterinário João Jorge Reis, afirma que a associação atua de forma a posicionar o ovo como um alimento saudável e ajudr na prevenção ao câncer de mama, considerando os estudos que apontam que a sua ingestão na adolescência pode reduzir em 24% a incidência da doença na idade adulta. “O Outubro Rosa é uma ação de responsabilidade social voltada ao esclarecimento da população”, ressalta.
A entidade participa do movimento social conhecido no mundo, realizando amplo trabalho junto ao público feminino conscientizando sobre a qualidade e saudabilidade do ovo. Neste ano, a ACEAV integrará a Caminhada Rosa, no próximo dia 22, na Avenida Beira-Mar, quando distribuirá ecobags e panfletos explicativos sobre os benefícios do produto na alimentação – ajuda a compensar as perdas de ferro, devido o ciclo menstrual, combatendo o cansaço, a exaustão e a irritação naturais do período – e de como ele pode auxiliar na prevenção do câncer de mama.
Câncer de mama
É o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.
Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.