domingo, 18 de março de 2018

Ministério das Cidades revoga decisão que exigia curso para renovar CNH

Após o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determinar uma série de mudanças que impactaria o sistema de renovação de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, determinou que a norma será revogada.

A medida, cancelada antes mesmo de entrar em vigor, dizia que a partir do dia 5 de junho, além do exame médico, o motorista que quisesse renovar sua habilitação teria de realizar novo curso teórico e prova.

O ministério justificou a revogação afirmando que objetivo é não alterar a vida de quem precisa renovar o documento, como também a diminuição de custos. O Contran ainda não havia precisado o valor que os exames custariam.

Entre as alterações que também haviam sido anunciadas e que serão revogadas, está a exigência de que o candidato a habilitação deva passar por duas provas de balizas para tirar a CNH e que os motociclistas deveriam fazer exames nas ruas.

O POVO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.