quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Tomás Figueiredo Filho é nomeado diretor da Agência Nacional de Mineração

A edição do Diário Oficial da União desta quarta (28), registrou a nomeação de Tomás Antônio Albuquerque de Paula Pessoa Filho ao cargo de diretor da Agência Nacional de Mineração. O mandato de Tomás Filho terá duração de dois anos. Tomás Figueiredo Filho terá a missão de comandar a fiscalização e autorizar tudo referente ao subsolo em se tratando de minerais.


Da água ao mármore, do ouro ao urânio. A competência do advogado Tomás Filho foi o que o levou a ser escolhido para o cargo, que será desempenhado de forma excepcional. 

A criação da agência foi aprovada em dezembro de 2017. Caberá à ANM regulamentar e fiscalizar o setor de mineração no país. Para o cargo de diretor-geral foi nomeado Victor Hugo Froner Bicca, que terá um mandato de quatro anos.
Formado em Geologia, Victor Bicca já ocupava o mesmo cargo no Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), que, com a nova agência, será extinto.
O ato de criação da ANM só entrará em vigor no próximo dia 5 de dezembro, quando a agência ficará “investida no exercício pleno de suas atribuições” e o DNPM será efetivamente extinto.

Confira o documento oficial do diário oficial da união:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.