terça-feira, 23 de abril de 2019

TRE iniciará biometria obrigatória em mais oito municípios cearenses

TRE iniciará biometria obrigatória em mais oito municípios cearenses
O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará fará o lançamento oficial da campanha de revisão eleitoral com biometria nos municípios de Reriutaba, Graça, Pacujá e Mucambo, pertencentes à 79ª Zona Eleitoral; Ipu e Pires Ferreira – da 21ª Zona, e Ipueiras e Poranga, que fazem parte da 40ª Zona.

No dia 25 de abril, às 10h, o vice-presidente e corregedor do TRE-CE, desembargador Inácio de Alencar Cortez Neto, estará em Reriutaba para a audiência pública de instalação da biometria. Já no dia 26/4, às 10h, em Ipueiras e, às 14h, em Ipu. O objetivo da solenidade é esclarecer à população sobre a importância da identificação biométrica e os prazos de realização da campanha revisional.

Os eleitores desses municípios devem observar os prazos abaixo para a realização da biometria:

- Reriutaba, Graça e Pacujá – 25/04 a 30/08;
- Mucambo – 06/05 a 12/07;
- Ipu e Pires Ferreira – 26/04 a 30/08;
- Ipueiras e Poranga – 26/04 a 27/09.

A coordenadora de administração do cadastro eleitoral, Lorena Belo, apresentará, na ocasião, detalhes do Projeto Biometria e esclarecerá as dúvidas acerca do procedimento, sempre alertando a população para os prazos e as consequências do não comparecimento à revisão.

No processo de revisão biométrica, os eleitores são obrigados a fazer o recadastramento através da coleta de dados biométricos. Se perderem o prazo, terão o título cancelado e ficam impedidos de tirar passaporte, fazer matrícula em instituições de ensino superior, pedir empréstimos em bancos públicos e podem ainda ter implicações no CPF.

Os eleitores precisam levar um documento de identificação oficial com foto e o comprovante de residência atualizado.

O TRE-CE esclarece aos eleitores que o atendimento pode ser agendado, através do telefone 148 ou aqui na página do tribunal.

Meta

A meta do TRE-CE é recadastrar cerca de 100% do eleitorado do Estado do Ceará para as eleições de 2020. Dos 184 municípios cearenses, 55 devem concluir os trabalhos este ano, incluindo Fortaleza. Ou seja, o eleitor terá que comparecer aos cartórios eleitorais e postos de atendimento. Quem não atender ao chamado da Justiça Eleitoral, terá o título cancelado.


Fonte: O Intrigante

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.