terça-feira, 26 de novembro de 2019

Temperaturas no Ceará estão até três graus mais altas que o esperado

Apesar de dezembro e janeiro serem os meses mais quentes do ano no Estado, cearenses vêm sofrendo com o calor desde o outubro. Segundo o meteorologista Davi Ferran, da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), este novembro tem registrado temperaturas de dois a três graus Celsius acima do esperado. "Desde maio, as anomalias de temperatura se mostram mais quentes que o normal em pelo menos um grau", destaca.

Ferran explica que embora as máximas registradas apresentem tal aumento, as mínimas permanecem dentro das normais climatológicas. "As causas são difíceis de precisar, alguns atribuiriam ao aquecimento global, mas não é possível definir", afirma. Ele conta ainda que fatores como a diminuição da velocidade dos ventos e o aumento da umidade elevam a sensação térmica para além dos números dos termômetros. "Esses aspectos ainda devem se acentuar nos próximos dois meses", alerta.

Enquanto os termômetros seguem em alta, o nosso organismo parece pedir socorro. O calor causa um maior relaxamento das artérias, que se dilatam em todas as áreas do corpo. Essa vasodilatação e pode gerar sensação de cansaço, fadiga, queda na pressão arterial e até desmaios.

A temperatura elevada também aumenta o metabolismo, que passa a produzir mais suor para se proteger. Essa proteção pode se tornar um problema se o líquido perdido não for reposto. Com menos líquido, o corpo perde seu equilíbrio, tem mais dificuldade para o sangue circular no rim e desidrata.

Nos postos de saúde, as doenças gastrointestinais levam as pessoas a formar filas em busca de atendimento. O calor facilita a decomposição dos alimentos e, consequentemente, a contaminação. Além disso, algumas viroses sazonais típicas desta época do ano também podem levar a quadros de desidratação. Náuseas, vômitos, dor de barriga e diarreia são os sintomas mais comuns.

O POVO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Comentários desse Site são de Total Responsabilidade do Visitante !
Seu comentário precisa ter relação com o assunto da matéria, caso contrario será excluído.